Plano de Aula

MEUS AMIGOS CHINESES

Meus Amigos Chineses | Ficção | De Sergio Sbragia | 2006 | 15 min | RJ
17/08/2021
Ensino Fundamental - Anos Iniciais
Linguagens, Ciências Humanas, História, Língua Portuguesa
Mylene Oliveira
Acesse a ficha do filme



Caro professor, o curta-metragem “Meus amigos chineses” é baseado em uma história real de um menino inserido no contexto inicial da Ditadura Militar de 1964. Nesse viés, é possível abordar diversas temáticas nos anos iniciais do Ensino Fundamental, mas é relevante considerar que uma contextualização deve ser feita previamente para que a turma assista ao vídeo com um olhar crítico.


Veja algumas questões norteadoras: 



  • Quais são os modos de produção, especialmente o capitalismo e o comunismo?

  • O que foi a Ditadura Militar e como ela impactou a vida dos brasileiros?

  • Qual é a relação entre a China e o comunismo na época do Regime Militar?

  • O que é cidadania e como ela foi afetada nesse período?


A partir disso, os alunos poderão construir significados acerca da obra audiovisual, a qual apresenta a inocência infantil no que diz respeito à conjuntura militar vigente.


Gilmar, o protagonista de 9 anos de idade, tem como fontes de entretenimento o futebol e a coleção de selos. Para ele, cada selo proporciona uma viagem ao redor do mundo e o futebol é o momento de distração e convívio com outros meninos. O primeiro contato entre o protagonista e os chineses com certeza é uma cena que merece destaque. Segurando uma bola na mão, Gilmar entra no elevador e encontra três homens chineses sorrindo para ele.


O menino é atraído pelos selos nas cartas que um dos homens segura e, depois desse momento, ele sente a segurança de ir até o apartamento dos seus vizinhos chineses para pedir selos, atitude que se torna frequente. É interessante apontar o cuidado que o garoto tem para molhar as cartas, retirar os selos, secá-los e colá-los em um livro.


No decorrer do vídeo, algumas cenas reais em preto e branco são mostradas sobre o cenário da época. O encaminhamento para o final da produção acontece quando a mãe do protagonista ouve um discurso contra o domínio comunista no rádio, que antecede o Regime Militar instaurado em 1964.


Da janela da sua casa, Gilmar vê um camburão de polícia e observa os chineses sendo presos. A obra termina demonstrando que esse vídeo foi produzido em homenagem a dois jornalistas que presentearam Gilmar com os selos e mais sete chineses que estavam em missões oficiais no Brasil quando foram presos e, posteriormente, expulsos do país sob a acusação de espionagem.


Essa obra audiovisual é um convite à reflexão e pode ser trabalhada com crianças para exercitar o pensamento crítico, sempre respeitando as particularidades infantis e adaptando o conteúdo abordado para esse público.


Além de viabilizar a construção do conhecimento sócio-histórico, há a possibilidade de fomentar uma consciência coletiva no que diz respeito aos impactos de um regime totalitário. Uma sugestão é que a turma assista coletivamente após você, professor, elucidar alguns assuntos pertinentes para a compreensão infantil. Isso pode ser feito tanto no ensino presencial, como no ensino remoto.


Depois da visualização do vídeo, é possível ouvir a opinião dos estudantes e promover uma problematização, por exemplo: 



  • Como o Regime Militar comprometeu a vida das crianças da época?

  • Por que o protagonista considerou os chineses como amigos?

  • Por que os chineses foram presos?


Uma sugestão de atividade prática é a entrevista de familiares ou conhecidos que vivenciaram o período da Ditadura Militar. Assim, cada aluno irá apresentar para a turma e/ou para a escola as experiências obtidas com a entrevista, que pode ser feita por videochamada, com a apresentação de fotografias, músicas, objetos (físicos ou virtuais, isto é, imagens da internet) e outras fontes que remetem ao período abordado. Caso a criança não consiga realizar a entrevista, ela pode pesquisar um vídeo sobre pessoas que foram afetadas por esse momento histórico.


É possível identificar competências e habilidades da BNCC como suporte ao uso desse curta-metragem nos anos iniciais do Ensino Fundamental nos componentes curriculares Língua Portuguesa e História:


3. Ler, escutar e produzir textos orais, escritos e multissemióticos que circulam em diferentes campos de atuação e mídias, com compreensão, autonomia, fluência e criticidade, de modo a se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos, e continuar aprendendo.


(EF01LP22) Planejar e produzir, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, diagramas, entrevistas, curiosidades, dentre outros gêneros do campo investigativo, digitais ou impressos, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.


(EF02LP22) Planejar e produzir, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, pequenos relatos de experimentos, entrevistas, verbetes de enciclopédia infantil, dentre outros gêneros do campo investigativo, digitais ou impressos, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.


(EF35LP20) Expor trabalhos ou pesquisas escolares, em sala de aula, com apoio de recursos multissemióticos (imagens, diagrama, tabelas etc.), orientando-se por roteiro escrito, planejando o tempo de fala e adequando a linguagem à situação comunicativa.


6. Analisar informações, argumentos e opiniões manifestados em interações sociais e nos meios de comunicação, posicionando-se ética e criticamente em relação a conteúdos discriminatórios que ferem direitos humanos e ambientais.


(EF15LP10) Escutar, com atenção, falas de professores e colegas, formulando perguntas pertinentes ao tema e solicitando esclarecimentos sempre que necessário.


1. Compreender acontecimentos históricos, relações de poder e processos e mecanismos de transformação e manutenção das estruturas sociais, políticas, econômicas e culturais ao longo do tempo e em diferentes espaços para analisar, posicionar-se e intervir no mundo contemporâneo.


(EF02HI04) Selecionar e compreender o significado de objetos e documentos pessoais como fontes de memórias e histórias nos âmbitos pessoal, familiar, escolar e comunitário.


(EF02HI05) Selecionar objetos e documentos pessoais e de grupos próximos ao seu convívio e compreender sua função, seu uso e seu significado.


(EF04HI01) Reconhecer a história como resultado da ação do ser humano no tempo e no espaço, com base na identificação de mudanças e permanências ao longo do tempo.


3. Elaborar questionamentos, hipóteses, argumentos e proposições em relação a documentos, interpretações e contextos históricos específicos, recorrendo a diferentes linguagens e mídias, exercitando a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos, a cooperação e o respeito.


(EF02HI08) Compilar histórias da família e/ou da comunidade registradas em diferentes fontes.


(EF03HI02) Selecionar, por meio da consulta de fontes de diferentes naturezas, e registrar acontecimentos ocorridos ao longo do tempo na cidade ou região em que vive.


(EF05HI04) Associar a noção de cidadania com os princípios de respeito à diversidade, à pluralidade e aos direitos humanos.


(EF05HI05) Associar o conceito de cidadania à conquista de direitos dos povos e das sociedades, compreendendo-o como conquista histórica.


(EF05HI07) Identificar os processos de produção, hierarquização e difusão dos marcos de memória e discutir a presença e/ou a ausência de diferentes grupos que compõem a sociedade na nomeação desses marcos de memória.



EF01LP22 - Planejar e produzir, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, diagramas, entrevistas, curiosidades, dentre outros gêneros do campo investigativo, digitais ou impressos, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.
EF15LP10 - Escutar, com atenção, falas de professores e colegas, formulando perguntas pertinentes ao tema e solicitando esclarecimentos sempre que necessário.
EF02LP22 - Planejar e produzir, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, pequenos relatos de experimentos, entrevistas, verbetes de enciclopédia infantil, dentre outros gêneros do campo investigativo, digitais ou impressos, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.
EF35LP20 - Expor trabalhos ou pesquisas escolares, em sala de aula, com apoio de recursos multissemióticos (imagens, diagrama, tabelas etc.), orientando-se por roteiro escrito, planejando o tempo de fala e adequando a linguagem à situação comunicativa.
EF02HI04 - Selecionar e compreender o significado de objetos e documentos pessoais como fontes de memórias e histórias nos âmbitos pessoal, familiar, escolar e comunitário.
EF02HI05 - Selecionar objetos e documentos pessoais e de grupos próximos ao seu convívio e compreender sua função, seu uso e seu significado.
EF02HI08 - Compilar histórias da família e/ou da comunidade registradas em diferentes fontes.
EF03HI02 - Selecionar, por meio da consulta de fontes de diferentes naturezas, e registrar acontecimentos ocorridos ao longo do tempo na cidade ou região em que vive.
EF04HI01 - Reconhecer a história como resultado da ação do ser humano no tempo e no espaço, com base na identificação de mudanças e permanências ao longo do tempo.
EF05HI04 - Associar a noção de cidadania com os princípios de respeito à diversidade, à pluralidade e aos direitos humanos.
EF05HI05 - Associar o conceito de cidadania à conquista de direitos dos povos e das sociedades, compreendendo-o como conquista histórica.
EF05HI07 - Identificar os processos de produção, hierarquização e difusão dos marcos de memória e discutir a presença e/ou a ausência de diferentes grupos que compõem a sociedade na nomeação desses marcos de memória.

Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste





Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)