Terça-feira, 2 de Agosto de 2022


00:00

Os Ímpares - Episódio Pedro Santos - Baiana System e Domênico Lancellotti

 •  2017  •  Livre  • 


De Henrique Alqualo, Isis Mello

Neste episódio, a banda Baiana System faz a releitura da música "Desengano da Visita" do álbum "Krishnanda", de Pedro Santos. Domenico Lancellotti também é convidado e faz sua versão para "Ritual Negro". Sebastião Tapajós, que tocou no disco, relembra o amigo Pedro e o processo de composição e gravação do álbum.


00:30

Balanço Black - Episódio Família Black

 •  2021  •  12 anos  •  SP


De Flavio Frederico

Toni Tornado ganha o Festival Internacional da Canção (FIC 1970) com NA BR-3 e dá início ao “black power” brasileiro. No mesmo festival surge a primeira banda black brasileira: Dom Salvador e Grupo Abolição.


01:00

Uma Noite em 67

 •  2010  •  Livre  •  RJ


De Ricardo Calil, Renato Terra

Final do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, 21 de outubro de 1967. Entre os candidatos aos principais prêmios, figuram Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo, protagonista da célebre quebra da viola no palco. Com imagens de arquivo e apresentações de músicas hoje clássicas, o filme registra o momento do tropicalismo, os rachas artísticos e políticos na época da ditadura e a consagração de nomes que se tornaram ídolos.


02:35

Ney à flor da pele

 •  2020  •  14 anos  •  RJ


De Felipe Nepomuceno

"Ney À Flor da Pele" é um documentário de longa-metragem centrado no impacto das performances de Ney Matogrosso em seu público e na reverberação desse impacto na cultura brasileira, desde a segunda metade do século XX até a atualidade. Uma antologia audiovisual, toda composta por imagens de arquivo. A melhor maneira de conhecer Ney é estar com ele nos palcos.


04:00

Esse Negócio de Livro - Episódio Mercado das adaptações

 •  2017  •  Livre  • 


De Adriana Borges, Lúcia Tupiassú

As histórias podem ser contadas em páginas, telas, desenhos, cenas, entre muitas outras formas. Neste episódio, autores e profissionais do mercado editorial falam sobre adaptações de obras literárias para diferentes plataformas e, ainda, sobre os impactos dessa mobilidade para o mercado de livros. Casos de livros que viraram quadrinhos ou filmes, as séries de tevê que impulsionaram a venda de histórias impressas, o episódio é recheado de casos reais. Os exemplos ficam por conta de Milton Hatoum, João Paulo Cuenca e José Roberto Torero. Enquanto os meandros de como as adaptações operam no mercado são contados por André Conti, Lúcia Riff, Maria Camargo, Otávio Marques, Paulo Rocco e Sílvia Gandelman.


04:30

O Milagre de Santa Luzia – Cultura Popular - Temporada 1 - Episódio Luiz Gonzaga

 •  2011  •  Livre  •  SP


De Sergio Roizenblit

Luiz Gonzaga revelou ao Brasil e ao mundo a música nordestina. E com ela as alegrias e as angustias de sua gente. Extremamente criativo e poético, o Rei do Baião, como viria a ser conhecido, aprendeu a tocar sanfona com seu pai, o mestre Januário, que, nas horas vagas do trabalho na roça, tocava muito bem o instrumento de oito baixos. Gonzaga ainda não era adolescente quando começou a apresentar-se em bailes, forrós e feiras. No começo da juventude, ingressou no exército e, em 1939, deu baixa da instituição no Rio de Janeiro para dedicar-se exclusivamente à música. Aos poucos ganhou notoriedade, até que, em 1945, gravou sua primeira música como cantor, e em 1947 compôs Asa Branca, que posteriormente chegaria a ser considerada a canção mais relevante do país. A partir daí sua carreira deslanchou. São muitos discos, sucessos e parcerias, com músicos do Brasil inteiro. Mas o legado de Luiz Gonzaga vai além de seu raríssimo talento musical: ele foi um legítimo representante de seu povo, que foi testemunha de sua generosidade, coragem e firmeza ao longo de toda sua trajetória. Não é a toa que seu trabalho influencie direta e indiretamente o trabalho de inúmeros músicos das gerações posteriores à sua. A música popular brasileira foi para sempre transformada pela genialidade de Luiz Gonzaga.


05:00

Gulag, a história dos campos de concentração soviéticos - Episódio Origens e proliferação 1918-1938

 •  2019  •  12 anos


De Patrick Rotman, Nicolas Werth, François Aymé

Poucos meses depois da Revolução de Outubro, os bolcheviques criaram os primeiros campos de concentração para se livrar dos oponentes políticos e reeducar os chamados elementos anti-sociais por meio do trabalho. O primeiro experimento em grande escala é o das Ilhas Solovki. Milhares de prisioneiros políticos e de direito consuetudinário, homens e mulheres, são escravizados lá em condições desumanas. Após a morte de Lenin em 1922, Stalin tomou o poder e decretou a industrialização do país por meio de marchas forçadas e a coletivização da terra, o que desencadeou uma fome mortal. Os projetos do Titanic foram iniciados nas regiões mais remotas, como Kolyma na Sibéria. A GPU, a polícia política do Partido Comunista cuja missão é purgar o corpo social e regenerá-lo, envia centenas de milhares de russos aos campos para participar da construção do socialismo. O número de detidos no gulag ultrapassou a marca de um milhão em 1935. Os julgamentos da mídia em Moscou esconderam a repressão que atingiu toda a sociedade soviética. As execuções em massa e as prisões arbitrárias estão se acelerando. Em janeiro de 1939, 2 milhões de prisioneiros trabalhavam no gulag, mas Beria, que assumiu o chefe do NKVD, o ex-Guépéou, foi encarregado de reorganizar o gulag para torná-lo economicamente lucrativo.


06:00

Artistas Plásticos Brasileiros - Episódio Anita Malfatti - Liberdade para Criar

 •  2017  •  Livre  •  RJ


De Rozane Braga, Adriana Miranda

Precursora do modernismo brasileiro, Anita Malfatti é retratada neste episódio da série Artistas Plásticos Brasileiros. Ela influenciou uma geração de artistas em busca de novos caminhos, com uma “festa” de formas e cores em seus quadros expressionistas, que eram elogiados no exterior, mas chegaram a ser criticados até pela própria família. Apesar do estranhamento dos conterrâneos tradicionalistas na sua primeira exposição, sua arte inspirou o movimento que aflorou na Semana de Arte Moderna de 1922.


07:00

Rotas da Escravidão - Episódio 1789-1888: Novas Fronteiras da Escravidão

 •  2018  •  Livre  • 


De Fanny Glissant, Daniel Cattier, Juan Gélas

Em Londres, Paris e Washington, o movimento abolicionista ganhou força. Após a rebelião de escravos em Santo Domingo, e enfrentando a crescente indignação da opinião pública, as principais potências européias aboliram o comércio transatlântico em 1807. No entanto, a Europa, no meio da revolução industrial, não poderia prescindir da força de trabalho escrava. Alargaram, assim, ainda mais as fronteiras da escravidão e fizeram vista grossa às novas formas de exploração humana no Brasil, nos Estados Unidos e na África.


08:00

Guerras do Brasil.doc - Episódio A Guerra do Paraguai

 •  2018  •  12 anos  • 


De Luiz Bolognesi

Entenda o maior conflito armado da América do sul. Em 1864, o Paraguai quer ter uma saída para o mar. Suas tropas passam pela argentina, invadem o Brasil, sequestram o presidente da província de Mato Grosso e começam sua marcha para o Uruguai. Estava declarada a Guerra. No mais sangrento conflito do hemisfério sul nasce o acordo da tríplice coroa que unia Brasil, Argentina e Uruguai.


08:30

O Dia Que Durou 21 Anos - Episódio O Dia Que Durou 21 Anos - Episódio 3

 •  2011  •  12 anos  •  SP


De Camilo Galli Tavares

Em clima de suspense e ação, o documentário apresenta, em três episódios, os bastidores da participação do governo dos Estados Unidos no golpe militar de 1964, que durou até 1985 e instaurou a ditadura no Brasil. Pela primeira vez na televisão, documentos do arquivo norte-americano, classificados durante 46 anos como


09:00

Piripkura

 •  2017  •  10 anos  •  RJ


De Renata Terra, Bruno Jorge, Mariana Oliva

Dois indígenas nômades, do povo Piripkura, sobrevivem cercados por fazendas e madeireiros numa área ainda protegida no meio da floresta amazônica. Jair Candor, servidor da FUNAI, acompanha os dois índios desde 1989. Ele realiza expedições periódicas, muitas delas acompanhado por Rita, a terceira sobrevivente Piripkura, para monitorar vestígios que comprovem a presença deles na floresta e para impedir a invasão da área. Packyî e Tamandua vivem com um facão, um machado cego e uma tocha.  Piripkura aborda as consequências de uma tragédia e revela a força, resiliência e autonomia daqueles que foram expostos a todo tipo de ameaças e têm resistido ao contato.


10:30

Antissemitismo, 2000 Anos de História - Episódio Novos Rostos

 •  2022  •  14 anos  • 


De Jonathan Hayoun

Como depois de Auschwitz o antissemitismo ainda é possível? Após o Holocausto, o horror nazista é gradualmente trazido à tona em todas as suas dimensões. Buscamos então entender, realizamos estudos, tomamos novas medidas políticas, legais ou educacionais. E, no entanto, a Fênix antissemita está renascendo das cinzas ao redor do mundo, reciclando estereótipos ancestrais, acelerada pelas questões geopolíticas. Com o século XXI e o mundo da internet e das redes sociais, surgem novos desafios…


11:30

Mistérios do Arquivo - Episódio 1961: Yuri Gagarin, o primeiro homem no espaço

 •  2009  •  Livre  • 


De Serge Viallet, Julien Gaurichon

Imagens escamosas e borradas que não mostram nada de espetacular. No entanto, aquele que é filmado realiza um dos sonhos mais loucos do século XX. Na quarta-feira, 12 de abril de 1961, pela primeira vez, um homem viaja para o espaço. Ele é um cidadão soviético. Seu nome: Yuri Gagarin.


12:00

Esse Negócio de Livro - Episódio Mercado das adaptações

 •  2017  •  Livre  • 


De Adriana Borges, Lúcia Tupiassú

As histórias podem ser contadas em páginas, telas, desenhos, cenas, entre muitas outras formas. Neste episódio, autores e profissionais do mercado editorial falam sobre adaptações de obras literárias para diferentes plataformas e, ainda, sobre os impactos dessa mobilidade para o mercado de livros. Casos de livros que viraram quadrinhos ou filmes, as séries de tevê que impulsionaram a venda de histórias impressas, o episódio é recheado de casos reais. Os exemplos ficam por conta de Milton Hatoum, João Paulo Cuenca e José Roberto Torero. Enquanto os meandros de como as adaptações operam no mercado são contados por André Conti, Lúcia Riff, Maria Camargo, Otávio Marques, Paulo Rocco e Sílvia Gandelman.


12:30

O Milagre de Santa Luzia – Cultura Popular - Temporada 1 - Episódio Luiz Gonzaga

 •  2011  •  Livre  •  SP


De Sergio Roizenblit

Luiz Gonzaga revelou ao Brasil e ao mundo a música nordestina. E com ela as alegrias e as angustias de sua gente. Extremamente criativo e poético, o Rei do Baião, como viria a ser conhecido, aprendeu a tocar sanfona com seu pai, o mestre Januário, que, nas horas vagas do trabalho na roça, tocava muito bem o instrumento de oito baixos. Gonzaga ainda não era adolescente quando começou a apresentar-se em bailes, forrós e feiras. No começo da juventude, ingressou no exército e, em 1939, deu baixa da instituição no Rio de Janeiro para dedicar-se exclusivamente à música. Aos poucos ganhou notoriedade, até que, em 1945, gravou sua primeira música como cantor, e em 1947 compôs Asa Branca, que posteriormente chegaria a ser considerada a canção mais relevante do país. A partir daí sua carreira deslanchou. São muitos discos, sucessos e parcerias, com músicos do Brasil inteiro. Mas o legado de Luiz Gonzaga vai além de seu raríssimo talento musical: ele foi um legítimo representante de seu povo, que foi testemunha de sua generosidade, coragem e firmeza ao longo de toda sua trajetória. Não é a toa que seu trabalho influencie direta e indiretamente o trabalho de inúmeros músicos das gerações posteriores à sua. A música popular brasileira foi para sempre transformada pela genialidade de Luiz Gonzaga.


13:00

Gulag, a história dos campos de concentração soviéticos - Episódio Origens e proliferação 1918-1938

 •  2019  •  12 anos


De Patrick Rotman, Nicolas Werth, François Aymé

Poucos meses depois da Revolução de Outubro, os bolcheviques criaram os primeiros campos de concentração para se livrar dos oponentes políticos e reeducar os chamados elementos anti-sociais por meio do trabalho. O primeiro experimento em grande escala é o das Ilhas Solovki. Milhares de prisioneiros políticos e de direito consuetudinário, homens e mulheres, são escravizados lá em condições desumanas. Após a morte de Lenin em 1922, Stalin tomou o poder e decretou a industrialização do país por meio de marchas forçadas e a coletivização da terra, o que desencadeou uma fome mortal. Os projetos do Titanic foram iniciados nas regiões mais remotas, como Kolyma na Sibéria. A GPU, a polícia política do Partido Comunista cuja missão é purgar o corpo social e regenerá-lo, envia centenas de milhares de russos aos campos para participar da construção do socialismo. O número de detidos no gulag ultrapassou a marca de um milhão em 1935. Os julgamentos da mídia em Moscou esconderam a repressão que atingiu toda a sociedade soviética. As execuções em massa e as prisões arbitrárias estão se acelerando. Em janeiro de 1939, 2 milhões de prisioneiros trabalhavam no gulag, mas Beria, que assumiu o chefe do NKVD, o ex-Guépéou, foi encarregado de reorganizar o gulag para torná-lo economicamente lucrativo.


14:00

Os Ímpares - Episódio Pedro Santos - Baiana System e Domênico Lancellotti

 •  2017  •  Livre  • 


De Henrique Alqualo, Isis Mello

Neste episódio, a banda Baiana System faz a releitura da música "Desengano da Visita" do álbum "Krishnanda", de Pedro Santos. Domenico Lancellotti também é convidado e faz sua versão para "Ritual Negro". Sebastião Tapajós, que tocou no disco, relembra o amigo Pedro e o processo de composição e gravação do álbum.


14:30

Balanço Black - Episódio Família Black

 •  2021  •  12 anos  •  SP


De Flavio Frederico

Toni Tornado ganha o Festival Internacional da Canção (FIC 1970) com NA BR-3 e dá início ao “black power” brasileiro. No mesmo festival surge a primeira banda black brasileira: Dom Salvador e Grupo Abolição.


15:00

Uma Noite em 67

 •  2010  •  Livre  •  RJ


De Ricardo Calil, Renato Terra

Final do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, 21 de outubro de 1967. Entre os candidatos aos principais prêmios, figuram Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo, protagonista da célebre quebra da viola no palco. Com imagens de arquivo e apresentações de músicas hoje clássicas, o filme registra o momento do tropicalismo, os rachas artísticos e políticos na época da ditadura e a consagração de nomes que se tornaram ídolos.


16:35

Ney à flor da pele

 •  2020  •  14 anos  •  RJ


De Felipe Nepomuceno

"Ney À Flor da Pele" é um documentário de longa-metragem centrado no impacto das performances de Ney Matogrosso em seu público e na reverberação desse impacto na cultura brasileira, desde a segunda metade do século XX até a atualidade. Uma antologia audiovisual, toda composta por imagens de arquivo. A melhor maneira de conhecer Ney é estar com ele nos palcos.


18:00

Juntos - Episódio Terra Ancestral

 •  2019  •  Livre  •  SC


De Leticia Marques

Antes de se falar em permacultura, agroecologia ou agricultura orgânica, os indígenas, povos tradicionais e ancestrais do território hoje brasileiro, já trabalhavam em comunhão com o meio. Na Tekoá Itaty, conhecida pelos não indígenas como Aldeia Cabeceira de Águas Limpas no Morro dos Cavalos, em Santa Catarina, os Guarani mantém a tradição de cuidar das águas, da terra e dos bichos, assim como sempre o fizeram, resistindo na forma de produzir e pensar o alimento.


18:30

O Brasil de Darcy Ribeiro - Episódio O Paraíso Perdido

 •  2013  •  Livre  • 


De Ana Maria Magalhães

Com depoimentos de amigos e do próprio Darcy, o episódio retrata a sua personalidade e formação desde Montes Claros e o ambiente familiar; a influência da II Guerra em sua definição política no meio universitário e o despertar para a literatura em Belo Horizonte; até a decisão de estudar a natureza humana através de pesquisas com os índios. A iniciação profissional, sob a égide do Marechal Rondon, leva-o às aldeias onde se deslumbra com a presença da beleza na sociedade indígena e a força da sua identidade. O Brasil mestiço seria a nova Roma chamada a representar um papel importante no mundo.


19:30

Grandes Mitos: A Odisseia - Episódio A cicatriz do Rei

 •  2020  •  14 anos  • 


De François Busnel

Os pretendentes, informados por Melantho - um dos servos de Penélope - descobriram que a rainha os havia enganado. Eles a trancaram no gineceu. Enquanto isso, Odisseu encontra Atena, que lhe diz que ele está de fato em Ítaca. A alegria dá lugar à raiva contra aquele que, segundo ele, o abandonou. Ela, no entanto, o transforma em um mendigo para que ele passe despercebido, e o aconselha a se refugiar com Eumaeus, o criador de porcos. Lá, ele encontra seu filho Telêmaco. Os dois então vão para o palácio. Odisseu, sob as roupas de mendigo, é maltratado pelos pretendentes que celebram a morte do rei. Euricléia, a solteirona do palácio, se propõe a lavar seus pés e reconhece a cicatriz de seu mestre há muito perdido. Mas Odisseu pede que ela fique em silêncio.


20:00

Instantes Cruzados - Episódio Ana Carolina - A Fotografia e a Revolução de Costumes

 •  2018  •  10 anos  •  RJ


De Sérgio Bloch

Com o manuseio cada vez mais fácil das câmeras fotográficas, muitos repórteres começaram a fotografar para a mídia impressa. Um movimento de mudança profissional ocorre no mercado brasileiro, formando muitos jornalistas fotográficos, como Joel Maia. Para discutir a revolução dos costumes brasileiros e sua documentação fotográfica ao longo dos anos, a convidada deste episódio é Ana Carolina Fernandes.


20:30

Ensaios Contemporâneos - Episódio Dança contemporânea brasileira, uma trajetória

 •  2018  •  16 anos  • 


De Eduardo Hunter Moura

O episódio apresenta uma trajetória histórica e conceitual da dança contemporânea brasileira, desde as reminiscências do ballet clássico e da dança moderna até hoje. São abordados alguns conceitos básicos e características marcantes, como a abertura para diferentes estilos de técnicas corporais, o diálogo constante com a investigação e a reflexão, os diferentes modelos de companhia de dança. Marcos do desenvolvimento da dança contemporânea no Brasil também compõem a narrativa, como o boom da dança carioca nos anos 1990, com o surgimento de companhias de projeção nacional. Vários dos pontos abordados no episódio são inspirados em um artigo fundante sobre a dança brasileira, assinado pela crítica de dança Helena Katz, intitulado “Ten Theses on Brazilian Dance”, de 2000. Além da própria Helena, costuram o episódio diversos teóricos e artistas da dança no Brasil.


21:30

Onde Nascem as Ideias - Episódio Mana

 •  2019  •  Livre  • 


De Carolina Sá

O episódio acompanha a designer e poeta Mana Bernardes ao longo do processo de fabricação e construção de algumas de suas obras. A diretora Carolina Sá e sua equipe, registra a personagem durante a elaboração de sua linha de objetos numa fabrica de vidros em Curitiba, a montagem de uma Merkabah, estrutura de bambu, exposta numa praça pública no Rio de Janeiro, além de uma conversa íntima sobre design, poesia, joias e alimentação. Com trilha original do músico Marcelo Jeneci, o episódio faz um recorte poético da trajetória de vida e da arte de Mana Bernardes.


22:30

Sergio Britto - Mestre dos Palcos

 •  2016  •  Livre  •  RJ


De Vicente Tigre, Rozane Martins Pereira Braga

O documentário acompanha as múltiplas facetas do ator e diretor Sérgio Britto, desde os bastidores das companhias de teatro a suas experiências na literatura e ópera. O ator foi criador do "Grande Teatro Tupi", programa que fez mais de 450 adaptações de peças teatrais e tinha no elenco atores como Fernanda Montenegro e Ítalo Rossi.


23:30

Memórias do Grupo Opinião - Episódio Memórias do Grupo Opinião - Episódio 1

 •  2019  •  12 anos  • 


De Paulo Thiago

A história do Grupo Opinião, um grupo carioca de teatro criado em 1964 para fazer resistência ao regime militar através de produções artísticas. Considerado a primeira resposta da esquerda à ditadura, o grupo reuniu artistas como Nara Leão, Maria Bethânia, João do Vale e Millôr Fernandes.